Receita de molho vermelho mexicano

O molho vermelho mexicano está presente em quase toda a gastronomia daquele país.

É diluído para banhar as enchiladas e dar sabor aos pozoles vermelhos, é colocado em cima das tacos, das quesadillas e das flautas, acompanha os cortes de carne, as tortilhas e é melhor deixar a lista até aqui, porque se não for ser infinito.

O molho vermelho mexicano é obrigatório em qualquer restaurante tradicional dessa gastronomia, assim como o molho verde. E como eu cozinho melhor do que um restaurante (vamos deixar de lado meus sérios problemas de ego) e quero mostrar as melhores receitas, tenho na cabeça uma ótima receita de molho vermelho mexicano para publicá-la aqui.

Uma última coisa importante: no México, existem centenas de tipos de pimentões, e com cada um você pode fazer um molho diferente.

Molho vermelho mexicano caseiro (e picante)

Hoje vamos preparar uma receita genérica para que funcione bem (maravilhosamente, mas por diplomacia direi apenas "bem") com todas as nossas receitas mexicanas.

E um aviso: ESTE MOLHO CHEGA.

Esta receita usa chile de arbol. Fora do México ou da América Central, os chiles de árvores podem ser substituídos por guajillos, ilhéus ou grandes pimentas de tempero moderado.

Dito tudo isso, vamos ao trabalho.

Molho vermelho mexicano caseiro (e picante)

Como fazer molho vermelho

Ensinamos você a fazer molho vermelho mexicano caseiro, ideal para acompanhar suas tacos, tostadas, nachos, burritos e outras iguarias. Receita rápida e fácil.

  • Tomate: 5 pedaços (grandes maduros e vermelhos.)
  • Chiles: 6 peças (de preferência, chili de árvore).
  • Alho: 2 dentes.
  • Caldo de galinha: um cubo.
  • Cebola: uma peça (branca.)
  • Coentro: três colheres de sopa de folhas (picadas finamente).
  • Limão: meio pedaço.
  • Orégano (pó opcional.)
  • Pimenta preta fresca (moída.)
  • Sal.
  1. Passe as pimentas, a cebola (ao meio), o alho e o tomate por um prato quente (ou, na sua falta, uma frigideira sem gordura).

  2. Deixe assar por até três minutos para não escurecer muito, o que muda totalmente o sabor.

  3. Coloque os legumes assados ​​no liquidificador, com o restante dos ingredientes, incluindo sal e pimenta a gosto, e um toque de orégano, opcional. No caso de meio limão, adicione o suco à mistura.

  4. Bata em alta velocidade. Se uma textura menos espessa é desejada, um pouco de água pode ser adicionado.

  5. Corrija o tempero com sal e pimenta, se necessário.

Coloque em um recipiente exclusivo, para acompanhar outros pratos e que cada um seja servido ao seu gosto. Para decorar, você pode adicionar folhas de coentro mais picadas ao centro, depois de derramar o molho na xícara.

Dicas para um molho vermelho lamber os dedos

  • Para um molho menos picante, remova as sementes e as veias brancas do interior dos pimentões, antes de passá-los para a chapa.
  • Para os amantes de sabores ácidos, mais suco de limão pode ser adicionado à mistura. Esse toque não é tão tradicional assim, mas pessoalmente sou fã de como ele aprimora os outros sabores.
  • Para preservar o molho, use um recipiente com tampa e guarde na geladeira por no máximo uma semana. Caso queira mantê-lo por mais tempo, você pode usar o freezer.